13/04/2010

Ideias que não deram certo

Diz o adágio que a gente ensina pelo exemplo. Então ficam os exemplos negativos para as noivinhas evitarem de seguir:

  • envolver o buquê na renda do vestido: a minha renda era linda, mas, com várias voltas, o buquê ficou parecendo envolto em gaze, sugerindo a existência de pus e sangue coagulado por baixo. Não é a imagem que o buquê deva passar; assim, mas é a minha opinião, né. 
  • apoiar o buquê no ossinho do quadril: se você é gordinha e/ou cadeiruda, considere não seguir a máxima de apoiar o buquê no ossinho do quadril. Ou então pratique na frente do espelho. O caso é que nossos ossinhos são acolchoados e difíceis de achar. Meu buquê ficou pra baixo demais em todas as fotos, mas também pode ser porque eu não tinha força para segurá-lo.
  • escolher o celebrante no escuro: se o celebrante não sabe lhe dizer bem o que ele diz nas cerimônias, não jogue com a sorte. As chances de incompatibilidade com vocês são de 50% ou mais.
  • ter cauda no vestido: eu queria que o meu vestido acabasse onde acabassem as pernas. No fim, acabaram me convencendo de que uma leve cauda é elegante e alonga. Como não me convenceram em acrescentar mais do que um tiquinho de cauda, fiquei com um micro-rabo que não dava para prender direito. Me atrapalhou nas fotos e, sobretudo, na hora de dançar. E, antes da grande dia, devido ao comprimento dele com a cauda, foi impossível de pendurar o vestido direito (ou ele não foi bem passado, não sei), só sei que na hora a cauda estava visivelmente fofa e mal passada, o que me incomodou horrores.
  • esquecer-se de alguém na hora das fotos: o noivo e eu esquecemos de chamar algumas pessoas pras fotos posadas e calhou de elas também não aparecerem nas fotos espontâneas. Faça uma listinha de quem tem de estar nessas fotos e deixe com alguém de confiança, de preferência alguém que não esteja muito envolvido emocionalmente com o casamento, pois essa pessoa pode se esquecer.

Os outros erros eu já falei ao longo desse tempo ou virão na série "fornecedor a fornecedor".

2 comentários:

Silvia disse...

Ai, ai só você para fazer a comparação entre um buquê e uma múmia, pq pela sua descrição foi o que me lembrou!

Essa coisa do buquê no ossinho do quadril é um saco mesmo. A minha dica é coloque o cotovelo ao lado do corpo e chegue ele levemente para trás, encoste a metade do seu antebraço na lateral do corpo e voilá, que se dane o ossinho do quadril! E eu lá lembrava que eu tinha quadril na hora de entrar, imagina se ia imaginar que eles tem ossos! =P

Dica sobre o celebrante, veja o microfone dele. Eu papei mosca e no meu vídeo o som não ficou perfeito. Mea culpa! Mas sim, converse com quem for que você vá realizar o casamento pq se eu não fizesse isso ia casar com o Padre Nazista da Sta. Inquisição que se orgulhava do número de casamentos que ele já anulou... MEDO!

Em hipótese alguma tire a anágua para dançar algo mais complicado pois o seu vestido descerá e formará uma cauda maior do que a esperada. Eu quase derrubei meu noivo assim! Verifique se você pode prender a cauda e veja se ela fica bem presa. E não, alfinetes de bebê são para prender caudas, eles são usados em emergências apenas!!

Ter uma pessoa de confiança que saiba as músicas importantes também, é fundamental! Eu deixei cópias da set list com todo mundo. Qto as fotos pense bem no que vai tirar, nós abrimos mão das fotos tradicionais - no regrets - mas tenha CERTEZA do que você está fazendo. E não esqueça de dançar com algumas pessoas importantes: irmão, padrinho, avô, sempre geram fotos legais.

E a minha dica fundamental seria: use a havaiana no making of e na cerimônia e deixe o sapato para a festa. No fim das contas o que cansa mesmo é ficar parada no mesmo lugar, em pé, no calor, durante um tempão. Isso arrebentou meu pé. Felizmente eu levei meu band-aid especial e o pessoal do cerimonial lembrou que eu tinha um chinelo na bolsa. Mas a pior hora é a hora do altar! É quando os seus pés vão doer mais pq na festa você vai estar tão inebriada de felicidade que nada mais vai importar! =)

Beijocas!

Ju disse...

Menina, eu preciso fazer esta listinha, tenho certeza que irei esquecer!!!

Uma dúvida minha é da onde segurar o buquê e como! Mas acho que vc e a Sil já me esclareceram! rs

O meu vestido tem calda, e já me disseram que ela não fica mt bem presa e que incomoda para dançar... mas eu vou deixar ela mesmo assim e resolvi abstrair!!

bjinhos, ju