01/07/2009

Bem-casados da Elvira Bona

Bem-casados da Elvira Bona - Foto por Patricia Figueira

Eu já disse que não sou fã de bem-casado, né? Mas deste eu não pude não gostar, graças à história por trás.


Minha amiga Silvia, colega de escola que reencontrei neste mundo blogueiro de casamento, me fez uma surpresa e deixou aqui em casa uma caixinha dos bem-casados mais bem falados do Rio de Janeiro: os bem-casados da Elvira Bona. Eu vinha dormindo pouco havia dias, escrevendo os últimos trabalhos para entregar para o meu M.A., e fiquei super-hiper-comovida, além de doída de nem poder escrever nem um post agradecendo na mesma hora. Mas estou aqui pagando a 1a das minhas dívidas (ainda tem várias: fazer comentários nos blogs das noivinhas queridas, postar selinhos que me deram, etc.).


Bem, evidentemente, doce para uma formiguinha é sempre bom, ainda mais nessas condições madrugadoras. E o bolo do bem-casado da D. Elvira é muito fofinho, desses que pedem mesmo para ser mordidos. Agora, o recheio de doce de leite padece do mesmo mal que os demais bem-casados que conheci. Parece que acrescentam açúcar no que já é doce. Por mais que eu goste de doce, para tudo há um limite, né. Mas pode ser que o bem-casado seja melhor no dia que foi entregue, e eu tenha comido alguns dias depois... sei lá. Benefício da dúvida, pessoal. Ah, e tinha um bem-casado com um recheio diferente, que lembra um quindim em creme (serão ovos moles?). Muuuuuuuuuuito bom. Tinha também o famigerado monstrinho abóbora (cruzes!).


Tadinho do noivo. Por morar em outra cidade, ficou sem. Quem manda escolher noiva gulosa? Mas papai provou e fez as mesmas observações que eu, exceto por uma. Ao olhar o papel crepom branco na sua mão, perguntou, "mas isso veio embalado em papel higiênico?"

Evidentemente, foi brincadeira dele. Mas, meninas e meninos, cuidado ao escolher a cor da embalagem do bem-casado. Porque o povo fala mesmo!!!!!
****************************************
CONTATO:
Elvira Bona Bem-Casados - 2236-7853 / 2547-0095
*****************************************
P.S.: Só porque eu não seguro a língua, vou bem dizer que, para convidado que tece esse tipo de comentário maldoso a sério (não de brincadeira, como o meu pai), bem valia a pena entregar a lembrancinha enrolada em papel-higiênico. Já pensou?
(Chaves, direto das gavetas de minha memória, responde com sua riminha: "a vingança nunca é plena; mata a alma e a envenena".)

6 comentários:

Elly Fonseca disse...

Pois é, o meu noivo tem a mesma implicancia com bem casados...

E agora que voce falou, fiquei com medo: Comprei papeis brancos e pretos pra enrolar os bem casados. Espero que ninguém faça nenhuma gracinha, hein!

Boa sorte aí na sua tese!

centraldasnoivas disse...

Oi flor,

É minha primeira vistinha, mas já vou te linkar tá?!

Beijokasss

Livia

May disse...

A massa do bem-casado da Elvira Bona é ótima mesmo, só não gostei muito do recheio. To linkando seu blog nos meus preferidos. Posso botar um link pra um post seu lá no blog, sobre as casas de festa?
Bjss

Jackeline Mota disse...

hahaha adoooro o chaves.
olhe, aqui em casa o noivo é que é formiga, eu nem ligo mt. os bem-casados ele escolheu depois de mt provar. Vamos fazer com a antoniette, que faz no estilo "biscoitinho".
E eu tava pensando em papel branco com fita cereja...acho que vou mudar o papel ahauhauahu
beijo,

May disse...

Só você me falar o que precisa. Tenho orçamentos e contato de todos os que eu postei.
E eu te falei que li seu blog e adorei =^.^=

Silvia disse...

................

É, você conseguiu me deixar sem palavras, e acho que você sabe que isso é praticamente impossível, né?

Ow, N, eu ainda lembro de um dos primeiros dias de aula quando chegou para falar comigo uma bonequinha de enormes olhos azuis e pele de porcelana para falar comigo. Lógico que uma aparência tão angelical encobria uma das mentes mais rápidas que eu já vi. Sem falar em uma amiga que, apesar do tempo ter afastado, criou muitas lembranças. Algumas gostosas e outras nem tanto - mas nem por isso menos importantes (lembra do aniversário da Quequel qdo eu namorava o primo da Re?).
E se você tem alguma dúvida, eu vou dizer publicamente: Te adoro!

Beijocas mil!